Por que algumas conversas no mundo corporativo parecem desconectadas?

12 10 2018

Screen Shot 2018-10-12 at 07.40.28

Kotler no seu best seller Marketing 4.0, sutilmente inclui a seguinte frase na capa do livro: “Do tradicional para o Digital”. De forma preconceituosa, quem trabalha por décadas em comunicação e acompanhou esta evolução, pode raciocinar, debruçado numa obviedade, que sabe ou vivenciou esta transição, surfando todas as ondas possíveis até chegar ao Inbound Marketing, Growth Hacking ou Marketing Data Driven.

Mas como sempre, a sabedoria do mestre, que pesquisa em profundidade sobre o tema, além de escrever, fazer consultoria e ministrar cursos com grande reputação, logo no início já usa como pano de fundo de sua visão o apocalíptico filme 2012. Na trama, como decorrência de bombardeamentos de erupções solares, o núcleo da Terra começa a aquecer a um ritmo alucinante, provocando o deslocamento da crosta terrestre, até a reconstrução de uma nova realidade, de um novo mundo.

Assim como no filme, vivemos um cenário de 2012 na comunicação? Será que todos estão cientes disso? Quem sobreviverá? Por que será que algumas pessoas resolvem simplesmente não olhar para as mudanças e continuar crendo que apenas o conhecimento acumulado no passado prevalecerá nos dias de hoje?

Quantas vezes você já teve a sensação de estabelecer uma conversa no mundo corporativo para tentar explicar porque a comunicação evoluiu numa velocidade maior do que a outra parte acompanhou? E na sequência parece que a partir de um determinado ponto o diálogo sofreu uma ruptura e tudo se desconectou?

Para explicar melhor as rupturas que nos afetam, compartilho do princípio de que as hierarquias verticais estão sendo tomadas por forças horizontais. E isso é inegável. Kotler exemplifica com maestria que mesmo o poderoso grupo G7 recorreu ao G20 (que inclui o BRICS – Brasil, Rússia, Índia e China) para tentar solucionar a crise financeira global, reforçando a tendência de que o mundo adota o inclusivo no lugar do exclusivo.

Nesse cenário de transição vertical x horizontal, a conectividade que vinha como um tsunami ganhou ainda mais poder, quebrando paradigmas de comportamento, abrindo espaço para a colaboração e democratização da informação.

A inovação e a transformação digital geraram uma sinergia incrível. Levaram marcas como Microsoft e Amazon a adquirirem Skype e Zappos, bem menores, mas que apresentaram modelos de negócios muito mais inovadores.

Um trecho do livro Marketing 4.0 menciona uma pesquisa encomendada pela revista Variety que revelou uma popularidade dos astros do cinema norte americano menor que a de youtubers na faixa dos 13 aos 18 anos.

Toda essa mudança na forma de comunicar fez alguns perfís ganharam mais a atenção: jovens, mulheres e netizens. De forma bem sintética, Kotler alerta para a força coletiva deste trio, sobretudo como expoentes dos segmentos mais influentes na era digital.

Segundo ele, os jovens são os early adopters de novos produtos e tecnologias e assim definem tendências. São agentes de mudanças. Já as mulheres são coletoras de informações e compradoras holísticas, que no final decidem as compras do lar e fazem gestão dos ativos nas empresas. E por fim, os netizens são os conectores sociais, pois conectam, conversam e se comunicam com os seus pares. Caracteriza-os como evangelistas expressivos, bem como contribuintes de conteúdo para o mundo on-line.

Desenhado um micro cenário das mudanças, dá para explicar melhor porque as conversas tornaram-se mais desconectadas. É muito fácil para alguns e muito complicado para outros acompanhar a tal da evolução digital que impacta em todas as arenas das nossas vidas. E em especial, na comunicação.

Anúncios




Social Currency 2012 é fantástico!

8 12 2012




a história da mídia social…

20 10 2012

A History of Social Media [Infographic] - Infographic
Like this infographic? Get more content marketing tips from Copyblogger.





Kony 2012 – o vídeo que superou Susan Boyle

12 03 2012





o cenário 2011 da mídia social

14 11 2011

Vale a pena visitar o Search Engine Journal e pesquisar os demais infográficos. Obtenha o material em formato PDF aqui.

<The Growth of Social Media: An Infographic
Source: SEJ





básico muito bem explicado de como entender ROI em mídia social

26 07 2011




vídeo curto e que dá o recado para quem ainda não entendeu…

12 07 2011