experiência com o twitter no mundo corporativo

9 03 2009

academia-convitetwitterlunch2

Comecei este post pensando nas fumacinhas que saíram da cabeça do Ivan Martins, um veterano das redações, recém-iniciado no Twitter, ao participar (03.mar.09) de um #Twitterlunch, almoço com gente de todas as idades, formações e profissões, unidas pelo Twitter. Digo isso porque percebi que ele estava lá para entender a cultura da turma e definir por qual ângulo sua pauta tomaria rumo sobre o tema, algo nada fácil de se explicar ao leitor da revista Época.

twitterlunch1 twitterlunch21 twitterlunch3 twitterlunch4

Sorry Ivan, mas apesar de estar no twitter já há algum tempo, digo que, dependendo da situação, os desafios só aumentam. Na sexta-feira da mesma semana em que nos encontramos (06.mar.09), um cliente agendou um Workshop Social Media (iniciação do mundo corporativo no assunto). Até aí, nenhuma novidade, pois já fiz dezenas deles. Mas a academiaivantwittersegunda parte tinha o objetivo de inserir alguns dos profissionais de Recursos Humanos, Tecnologia, Vendas e Marketing no twitter. “Vixe, ferrou”, pensei, pois se eu ficar só no conceito, ninguém vai entender o valor dessa mídia social. Além disso, poderia comprometer a seriedade de toda a parte inicial do Workshop .

Combinamos então um Social Media Training com o Twitter, pós-Workshop. A decisão teve como base um projeto realizado em 2008, onde Edney e eu fomos bem sucedidos num laboratório inédito desse tipo com foco no LinkedIn, aplicado em um grupo de executivos. Porém, a sacada importante para mostrar a real integração entre o mundo corporativo e o das mídias sociais foi pensar como tornar possível, e de forma legítima, a participação das pessoas que estavam do lado de fora de uma suntuosa sala de treinamentos em plena Avenida Berrini (SP)?

O primeiro passo foi perguntar, um dia antes do evento, aos twitteiros o seguinte:

academia-interney-perguntaAs respostas surgiram espontaneamente em bom nível:

academia20qa3

academia20qa4

academia20qas11

academia20qas2

O segundo passo foi transmitir o Social Media Training, online e real time, para que as pessoas pudessem interagir e entender melhor as dúvidas do mundo corporativo, via UStream.

academia20-pvr1 academia20-pvr2 academia20-pvr4 academia20-pvrms

Abaixo,confira as percepções de alguns dos participantes sobre o evento:

tcordeiro TIAGO CORDEIRO – “Eu estou de cabeça no mundo das mídias sociais há uns três o quatro anos mais ou menos. Mesmo antes disso, já era um usuário mais do que interessado. Foi ótimo ver como pessoas que estão mais distantes desse mundo pensam e descobrir quais os temores e incômodos que têm. Não é instrutivo só para saber o que trabalhar nos próximos wokshops, mas principalmente sobre o que as ferramentas precisam ter. Acho que foi um primeiro passo de um processo. A pior reação é o medo, o que não houve. O receio é normal com tudo o que é novo, mas a tendência é que isso se transforme em empolgação. Acho que consolidou esse processo de maturidade que vivemos. A tendência não é simplesmente todo mundo já nascer sabendo, mas existirem empresas que façam a “ponte” entre esses mundos. O mais importante é ver que os três lados estão abertos para isso: o da corporações, das mídias sociais e das empresas de comunicação. E, como vimos, é perfeitamente possível que o Brasil exporte know-how e cases.”

carlostesoreCARLOS TESORE – “Além da conquista pessoal excepcional, única e marcante, a palavra que resume bem o momento é “APRENDIZADO”. Foi uma das mais ricas experiência que vivi na minha carreira. Agregou muito. Foi um momento de experimentação. Por mais que existam barrerias, preconceitos e regras corporativas, as pessoas mesmo reticentes e receosas perceberam que não podem ficar ausentes deste novo mundo da comunicação. Isso ficou comprovado pela discussão gerada em relação ao twitter. O mundo corporativo teve a visão que as mídias sociais não se limitam apenas na comunicação pessoal. Com estratégia e planejamento podem ser utilizadas como poderosas ferramentas de comunicação corporativa.”

tucahernandesTUCA HERNANDES – “A experiência foi uma lição de humildade para mim. Afinal, ao contrário do que eu imaginava, o twitter ainda é uma ferramenta que deve ser apresentada com bastante cuidado, pois ele continua a ser visto por muita gente como algo sem utilidade alguma, feito apenas para se escrever coisas como “estou tomando café”, por exemplo. E, a partir do momento em que é possível demonstrar outras potencialidades do twitter, como o intercâmbio de informações que podem ser úteis para a vida profissional, percebo que vale à pena insistir na idéia de se utilizá-lo, com bom senso, no ambiente corporativo. E ver o nascer dessa percepção, como no treinamento que acompanhei, é algo realmente animador.

lucianapillegiLUCIANA PILLEGI – “O mundo das mídias sociais pode ser novo e intrigante até para uma empresa de tecnologia inovadora e visionária como a InterSystems. Mas quando se tem parceiros que conhecem profundamente o assunto e nos conduzem de maneira tão didática, divertida e agradável tudo fica muito mais fácil. É neste estágio que estamos com a Polvora! e o projeto de Social Media que estamos trabalhando aqui. O Workshop para nosso time foi fantástico e essencial para que toda a equipe entendesse o conceito dessa nova maneira de comunicação e passasse a contribuir mais com o projeto. Obrigada à toda a equipe da Polvora pelo profissionalismo e o carinho com que tem lidado com esse nosso momento.”

Pessoal, agradeço a participação de todos. Particularmente para mim, @msoma, foi um evento inesquecível. Até a próxima!