pule no trem ou apenas acene!

9 08 2008

Gosto muito de ler a coluna e-Negócio de Bob Wollheim no UOL. Recentemente ele mencionou a seguinte reflexão sobre mídias sociais, inspirado em um evento: “…É tudo diferente, gente diferente, muitos jovens, comidas diferentes, talentos à flor da pele e, o que é mais interessante, uma energia fortíssima de um povo que está à margem do “mainstream”, feliz com isso, percebendo que tem um trem enorme passando por eles e que o lance é pular nele…”

Ao longo de 20 anos eu presenciei e vivi reuniões de planejamento de marketing onde os executivos basicamente pulavam num trem enorme e estruturavam suas visões, onde pouca coisa era diferente. As coisas eram (e continuam) estruturadas da seguinte forma:

Temos que comunicar:

  • Posicionamento
  • Ofertas
  • Estratégias
  • Referencias de clientes (casos de sucesso)

E segmentaremos o mercado da seguinte forma:

  • Região
  • Tipo de indústria
  • Cargo (preferencialmente C-level)
  • Tamanho da empresa

Com os seguintes recursos:

  • Campanhas de vendas
  • Propaganda
  • Publicidade
  • Promoções
  • Eventos…

O que mudou de uns tempos para cá? Para grande parte do mercado ainda nada. Para alguns, paulatinamente, eles descobriram que a bolinha WEB do mix de marketing não representava apenas uma forma geométrica que se traduzia em website e e-mail marketing. A bolinha cresceu e virou um mundo.

Características desse “novo” mundo:

Existem pessoas nativas por lá:
eles nascem num ambiente diferente, onde o browser é o brinquedo e também a enciclopédia. Quando chega a adolescência, representa o principal “point” de encontro e de relacionamentos. Quando crescem, o browser ganha novo papel: é ferramenta de trabalho e de remuneração.

Multifunção: eles têm uma capacidade chamada no mundo corporativo de “multitask”. Ou seja, uma habilidade e velocidade de raciocínio bem diferente das pessoas que têm 20 anos a mais. Tempos atrás tracei um pequeno perfil:

Comportamento de blogueiro é…

    • ver um post em cada movimento
    • acionar o browser, assim que pintar uma novidade ou dúvida
    • rir sozinho andando na rua (e olhando para o celular que não tocou!)
    • assinar feeds ao invés de jornais e revistas
    • ficar excitado ao ver um MacBook em 24x s/juros, com 1 dia de entrega
    • ficar depressivo porque a rede está fora do ar
    • dormir tarde porque estava blogando
    • perder o sono porque lembrou de algo que ficou fora do post
    • ter mais fotos de blogueiros do que da própria família
    • ficar neurótico com tantos lançamentos de telefonia móvel
    • dar porrada em quem ainda duvida do poder da web 2.0 e social media
    • fazer sign up e experimentar todas as boas novidades da web
    • compartilhar descobertas com os amigos
    • publicar o post de seu smartphone anytime, anywhere
    • filmar com um N95, editar e fazer upload em 30 minutos
    • ”twittar” uma url interessante em menos de 1 minuto
    • respeitar opiniões
    • usar twitter como help desk
    • andar com os bolsos vazios de $, mas cheios de mobilidade
    • andar com um olho no real e outro no virtual
    • fazer uma reclamação online e real time, por ser mal atendido
    • pensar 2.0 e gritar quando sente o cheiro do 1.0
    • conversar com o smartphone até quando está rodeado de pessoas

A surpresa: tem gente do mundo tradicional circulando por lá e vice-versa:

Você também está lá e não sabe: é verdade! Faça o teste:

  • Participa do Orkut, Linked In, Facebook…;
  • Faz uso do MSN, Adium, Gtalk…;
  • Publica no WordPress, Slideshare, Slide.com, Flickr…
  • Assina feeds;
  • Visita outros ambientes web e deixa seu comentário.

A boa conclusão: isto não é futuro. É realidade! O trem está passando e você vai ficar olhando?! Então, como diz o pinguim do filme Madagascar: “Sorria e acene…sorria e acene…”


Ações

Information

8 responses

9 08 2008
Fabio Santos

E ainda tem gente que não acredita na web 2.0 como ferramenta do presente.

9 08 2008
Tine Araujo

Louca para pular, mas por enquanto melhor silenciar, planejar e rir do celular que não tocou🙂

9 08 2008
Patricia

Olha, sem querer descobri que estava correndo junto com o trem, e espero que alguém de lá de dentro me pegue pela mão.

Seria uma ótima já entrar na 1º classe. =p

9 08 2008
msoma

Patricia, Fabio e Tine: welcome on board!!

10 08 2008
mau

o trem é grande e cabe bastante gente dentro dele. como diz a velha canção, the times they are a-changin

10 08 2008
msoma

Nem me fale Maurício. Como diz o mineirinho: “ô trem bão, sô!”

11 09 2008
Rosangela Martins

Eu estou nesse trem e sou convicta que web2.0 é realidade e precisa ser valorizada e bem aproveitada por todos. Senti uma grande identificação com o comportamento de blogueiro.

12 09 2008
msoma

Rosangela, muitissimo obrigado pela sua visita. É engraçado como o termo “trem”, usado pelo Bob sintetiza bem o espírito da coisa. Com relação ao comportamento de blogueiro, desenvolvi a lista de tanto andar em boa companhia, tanto de pessoas da polvora! quanto de pessoas do mercado. Foi um bom aprendizado e continua sendo até hoje.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: