a história do nascimento de uma agência social media

12 02 2008

open.jpgConceitos da Estratégia do Oceano Azul e da Cauda Longa são os pilares para nova agência de comunicação de mídia social

Em apenas cinco anos a rma comunicação e negócios entrou para o seleto grupo das 20 principais agências em sua categoria de serviços no Brasil. O sucesso foi construído, principalmente, com base na visão de Augusto C. V. Pinto, executivo do mercado de tecnologia que fez história ao lançar e levar a SAP, gigante alemã de software empresarial, na década de 90, ao topo no Brasil.

Um engenheiro brasileiro com experiência internacional no comando de uma agência de comunicação só poderia resultar em empreendimentos, no mínimo, inusitados. E assim aconteceu com a área de assessoria de imprensa da rma, que incorporou conceitos provenientes do mundo da indústria, tais como:

  • Processos rigorosos de trabalho desenhados em Visio (software tradicional de projetos);
  • Conceitos de SLA (Service Level Agreement) para assegurar bons níveis de resultados ao cliente, que define regras claras para o cumprimento ou não das tarefas;
  • Banco de temas, um conceito que permite enxergar e planejar todos os temas relevantes de uma empresa a serem trabalhados ao longo de 12 meses de comunicação;
  • Desenvolvimento de um sistema de gestão empresarial para agência de comunicação e de business intelligence para medir a performance do grupo de atendimento e de resultados dos clientes, entre outros;
  • Calendário de treinamento anual com módulos que vão além do âmbito da comunicação, tais como: gerenciamento de prioridades, como enfrentar clientes difíceis e gestão de finanças pessoal.

Em 2006, no entanto, com a unidade de comunicação empresarial já consolidada, foi a hora de aplicar os conhecimentos de um outro negócio: a Positioning. Uma consultoria de gestão de negócios, da qual a rma é sócia, e que tem como base os preceitos da Estratégia do Oceano Azul, aplicadas aos serviços de posicionamento.

Para tirar máximo proveito do conhecimento coletivo, a rma, então promoveu uma campanha de endomarketing com o tema Inovação. A idéia vencedora estava toda baseada nos conceitos da web: como aplicar os serviços da comunicação, tão bem estruturados ao longo de cinco anos para a web?

No sentido de iluminar o cenário ainda nebuloso sugerido pelo grupo vencedor, no kick off 2007 da rma, foi convidado Evanndro Paes do Reis, executivo com passagens brilhantes em grifes da indústria de tecnologia, mas que ganhou notoriedade ao montar a agência digital Hipermídia.

Depois desse evento (todo baseado no conceito tripé de A Cauda Longa de Chris Anderson, A Sabedoria das Multidões de James Surowiecki e O Mundo é Plano de Thomas Friedman) a oportunidade foi lançada oficialmente e as iniciativas passaram a tomar outra velocidade. Ao sentir o tamanho da encrenca, eu pedi licença de duas semanas aos meus sócios e mergulhei de cabeça dez horas por dia no mundo infinito do browser.

Foi na tradicional reunião de diretoria, às segundas-feira que eu cheguei carregado de materiais e mais idéias, que dispararam os investimentos a seguir:

1. Principal conclusão: Dentro do mundo da web 2.0 existe um conceito pouco conhecido que é a social media (SM).
o SM integra pessoas, conteúdos relevantes e irrelevantes disseminados por diferentes canais de comunicação (blogs, podcasts, wikis, social networks…).
o O movimento do mundo nessa direção é que as pessoas lêem o que querem, refletem e adicionam seu ponto de vista sobre um determinado assunto, dando uma roupagem diferente, muito particular.
o A sua audiência web, no entanto, se identifica com o ponto de vista ou forma, tornando-se fiel ao conteúdo produzido, assina as atualizações via RSS, e participante em comentários de apoio ou desaprovação.
o E tudo isso afeta as empresas, de maneira positiva ou negativa, que ainda não acordaram para a tendência e encontram-se despreparadas.
2. Conhecimento (a base de tudo) – como a informação nova foi abundante, a rma montou uma academia batizada de Next Generation com duração de quatro meses (mai-ago/07), em aulas que se alternavam entre teóricas e de laboratório, com os seguintes temas:
o Business 2.0
o Social Media
o Wiking
o Blogging
o Tagging
o Podcasting
o Social networking
o SEO (Search Engine Optimization) com Alexandre Kavinsky
3. Em agosto de 2007, Sivia Bassi, CEO do IDG, faz palestra para o grupo rma e mostrou que web 2.0 na comunicação é uma tendência inevitável, afeta o mundo corporativo, e incentiva ainda mais a iniciativa da agência.
4. Em setembro de 2007 foi a criada a rma NG [Next Generation] com a consultoria do Evanndro Paes dos Reis e de Pedro Markun, uma das referências em estudos e organizações de eventos para blogueiros e projetos de mídia social.
5. Em outubro de 2007, a rma faz um seminário executivo para apresentar a nova unidade para o mercado corporativo. Nesse mesmo mês Edney, do blog Interney, um do Top 10 blogueiros, faz palestra para o grupo rma e mostra os impactos da campanha do Estadão + Macacos + Blogueiros, que gerou grande rebuliço no mercado.
6. Em novembro de 2007, a rma inova mais uma vez com uma nova função na web: o profissional de relações com a blogosfera, atualmente ocupado por Gabriela Nardy, contratada via web, por suas atividades online.
7. Em dezembro, a rma contrata Alexandre Fugita, expoente do mundo web 2.0 com o blog techbits e profundo conhecedor de softwares sociais. Seu cargo atual é de analista de softwares sociais.
8. Em janeiro de 2008 a rma inicia o ano com R$ 500 mil em projetos vendidos, equipe de 8 profissionais, com foco na integração do mundo corporativo com o mundo da comunicação social media, web 2.0. O set de serviços oferecidos são:
o Educação e cultura social media
o Social Media Workshop
o Social Media Training
o Estratégia social media
o Gestão regular
o Monitoramento
o Web intelligence

Veja abaixo a base conceitual do novo negócio!


Ações

Information

One response

14 06 2008
módulo 9 da Academia RMA mostrou a maturidade da turma « social media club

[…] que fiz assim que terminei a quarta turma de treinamento do módulo 9 da Academia RMA. Como num flash, lembrei que há quase um ano, algumas das mesmas pessoas me olhavam de forma cética, imaginando […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: